sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Diálogos do Cotidiano - Vagabunda na cama

- A coroa é exigente.
- Duvido!
- Tô lhe dizendo. Ela cola coxa com coxa e diz no ouvido: “bota até as bolas”. E você tem que segurar o tranco, senão é chute na bunda.
- Eu ainda duvido.
- E porque?
- Primeiro que ela não é pro seu bico. Segundo que ela nem é tão bonita...
- É gostosa.
- Calma que não acabei ainda. Terceiro que ela não tem cara que vagabunda na cama.
- Ah é é? E como é cara de vagabunda na cama?
- O olhar diz tudo. Eu vejo uma mulher vagabunda de cama de longe. Ah, pronto. Sabe Zoraide, do 808? Aquela que tem uma filha gostosa, que faz balé numa academia aqui mesmo na Barra?
- Sei. Aquela putinha do bundão.
- Ela é vagabunda na cama
- É? Eu nunca tinha reparado, mas você disse agora... Até que pode ser. Mas porque?
- Analise comigo: ela sempre usa batons escuros. Sempre tá bem cheirosa, que é pro homem saber de longe que a fêmea dele tá chegando...
- Hm...
- Ela tem um olhar meio tímido, pendendo pro lado. Segura a bolsa contra o corpo, porque dentro da bolsa tem um vibrador do tamanho de Kid Bengala.
- Ah, não. Isso não. Não imagino Zoraide andando pelo bairro com um vibrador na bolsa.
- Escute mais. Tem o maior indício de todos: fala pouco e com voz mansa. Toda mulher que fala pouco e com voz mansa é vagabunda na cama.
- Meu caro, Jones. Você tá um expert da porra em mulher, viu!? Sabia não. Nunca te vi com mulher, porra. Essa análise é coisa de viado.
- É? E Mirtes?
- Que tem?
- Vagabunda na cama. Maria do 101? Também. A maior de todas? Soraia, a síndica.
- Não. Você agora apelou. Cala a boca.
- Comprovadíssimas.
- E como é que você sabe disso tudo?
- Você acha que essas vagabundas gostam de que tipo de homem? Eu: o porteiro malhado e jovem que mete forte enquanto os maridos estão trabalhando.

10 comentários:

Marcela disse...

porteiro ng merece!!!!! hahahahahaha...

um beijo!!

Celine disse...

Malhado e Jovem??!!! As coroas nao se dão.

Não gosto muito de malhado, não. Tudo bem, é preconceito. Parece que nao tem nada na cabeça.


oooww...algum malhado aí??

♥ Dany ♥ disse...

Ado a-a-do cada um no seu quadrado.
Eu odeioooo homem malhado. Prefiro os fortes de "inteligencia intelectual".
A coroa tá demaissss !
ahuahauhauah

Marcio Melo disse...

Pense num porteiro brocador

Sunflower disse...

sou cheirosa e gosto de batons e unhas escuros. Mas não ando com a bolsa agarrada de lado, nem falo manso. Acho que não sou vagababunda na cama.

beijas

Careca disse...

Rodrigo, as preguiçosas gostam porteiro eletrônico?

RAMON(ES) disse...

É, nunca pensei nisso do olhar.
Geralmente é mais fácil julgar pela roupa. Se bem que aqui a grande parte das mulheres usa roupa curta mesmo.
ahahahaha

Paulo Bono disse...

Viva as vagabundas na cama!!!!!!!!!

abração, Carreiro

Flavinha disse...

eu falo pouco e com voz mansa, meldeeeeels... e ainda por cima tenho o tal do olhar tímido e sou muito, muito cheirosa. E adoro malhados e (não tão) jovens. Mas cara, quer saber? Na cama tem que rolar é uma vagabundagem mesmo. Por isso meninas, esqueçam os puritanismos e sejam felizes na horizontal - ou na vertical, ou na diagonal...

Beijos :)

Larissa Santiago disse...

kkkkkkkkkkkkk

nada contra batom escuroo, mas tá na cara que é de vagabunda na cama!

suhsuhas

abraço Rodrigo!!!