quinta-feira, 5 de junho de 2008

Quase-genro e a "perna"

Reza a lenda que em Salvador ou você é genro ou não é. Ou o cara é casado com sua filha ou não é. Porém, na Assembléia Legislativa da Bahia essa premisa não vale, pois quase-genros têm muito prestígio. Assim como as pernas.

Pernas, aiás, são bem vindas em qualquer situação, desde que bonitas, obviamente. Há alguns anos se falava muito nas pernas de Carla Perez e Scheila Carvalho e de alguns homens que com certeza não me recordo. As meninas lembram. Porém, nosso anedotário diário atualmente nos brinda com outro tipo de "perna" e ninguém parece se importar. Chega de falar de "perna" traficante. Eu quero as pernas de Carla Perez na capa do A Tarde, por favor. E no horário nobre da Tv Bahia, se não for pedir muito.

E nada de genros ou quase-genros. Desses o nobre presidente da Assembléia já se encarregou de empregar muito bem em altos cargos da Casa, um na presidência e outro em um gabinete parlamentar. Se bem que eu posso ser o quase-genro do pai de Scheila Carvalho, Carla Perez...

2 comentários:

Marcela disse...

quase genro dos pais de Sheila e Carla, né?! destá neguinho!! ¬¬°°°°

Larissa Santiago disse...

nada a ver, tchau!
:)