segunda-feira, 30 de junho de 2008

Diálogos do Cotidiano – Que dia é hoje?

- Sabe que dia é hoje?
- Hm... Não.
- Desculpe. Deixa eu me apresentar. Sou Marcos, voluntário do Grupo de Apoio do...
- Ei amigo. Tô zerado. Tenho nada pra dar não
- Deixe pelo menos conhecer nosso trabalho. Somos o Grupo de Apoio aos Gays, que vem ao longo dos anos reparando várias injustiças que...
- Apoio? Pra quê gays precisam de apoio? Eu tenho um emprego fudido numa empresa fudida. Tem algum grupo de apoio pra isso?!
- Catho, Manager Online, Simm...
- Tudo merda. Essas empresas só sugam o dinheiro dos otários e esses programas do governo só servem pra angariar votos. Pura besteira.
- Pode até ser, mas o nosso Grupo de Apoio aos Gays vem realizando um trabalho belíssimo no que tange ao preconceito das pessoas com os homossexuais. Sabe quantos gays foram vítimas de violência nos últimos 3 anos? É mais de...
- Vem cá... Você vive disso é? De abordar as pessoas em pleno ponto de ônibus pra arrecadar fundos? Porra!
- Sou advogado e faço trabalho voluntário.
- Logo vi...
- É? E porque?
- Esse seu vocabulariozinho: “no que tange ao preconceito” Ai ai...
- Você está sendo preconceituoso
- É? Então chama o Grupo de Apoio aos Advogados. Tem?
- Sim. OAB
- Pronto... Maior antro de ladrões desse país. Lá mesmo
- Está sendo novamente preconceituoso. Sabia que isso é crime?
- Crime é esse buzú ai ó... Pelo amor de Deus. Como é que entra numa porra dessa?
- Puta que pariu! Ai não entra nem uma mosca. É seu ônibus?
- ERA meu ônibus. Agora vou esperar o das 23h. Tô fudido. Tarde pra caralho, sem ninguém no ponto...
- Tem eu
- Pois é. Tarde pra caralho, um viado no ponto...
- Posso te dar carona se quiser. Meu carro tá logo ali
- E vai me levar pra onde? Pra sede do Grupo de Apoio aos Gays? Tô fora.
- Se você quiser, a essa hora tá rolando uma festa eletrônica muito boa.
- E é? Porra, sou fã de música eletrônica. Tá rolando house?
- Progressive e Acid. Vamos.
- Beleza. Vamo nessa. Eu só espero que você não minta igual a todos os advogados
- Vai ter que pagar pra ver
- A essa altura do campeonato o que vier é lucro. A propósito, que dia é hoje?
- Seu dia de sorte

6 comentários:

Paulo Bono disse...

dei muita risada, Carreiro.
mas pelo jeito, esse cara caiu numa cantada gay.

abraço

Bruno Porciuncula disse...

uaehuaehu rapaz, conheço uma figura que teve uma história parecida com essa...

E a galera que curte música eletrônica daqui a pouco vai encher seu saco para dizer que "música eletrônica não é lugar só de gay e blá blá blá".

Atualizei, meu blog, segundona. Postei hoje dez filmes nacionais que não precisavam existir... tem pérolas como Cinderela Baiana, O Primo Basílio e outros... veja lá.!

abração

Ricardo Leony disse...

que coisa de viado é essa??

auhauhahuauhauha

cadê ele?

Careca disse...

Rodrigo, no que tange à baitolagem, o cara se entregou quando não encarou o buzú lotado. Um abraço,

Celine disse...

A cantada gay mais bem feita... iuahauihaa

Muito bom!!!
beijos, Bom dia!

Mr. Mxyzptlk disse...

sorte ou revés?