domingo, 15 de junho de 2008

Da série "Eu queria ter escrito essa história"

Se eu tivesse contado essa história aqui muitos iriam gostar, mas no fundo achariam que dificilmente poderia acontecer na realidade. Pois é. Essa história, que dá pra ser lida abaixo, aconteceu verdadeiramente na nossa Terra de Ninguém. Queria muito ter escrito, de verdade. A vida imita o inimitável.

Farmácias na mira de ladrão

De tanto roubar a rede de farmácias Santana, Gilberto Pereira de Souza, 48, acabou conhecido pelo nome de um medicamento: Aerolim (para asma). Tendo sempre como lema a não-violência, ele admitiu já ter praticado mais de 20 ataques à rede. “Nunca matei nem prejudiquei ninguém. Nem precisava de arma para assaltar nada”. Mas, segundo ele, isso “é coisa do passado”.
A captura ocorreu no dia 3 de maio deste ano, na Avenida Joana Angélica, Nazaré, por porte de arma, enquanto voltava para casa, onde mora com mulher e seis filhos, na Liberdade. “Saí do crime. Uso arma só para me proteger. Fui pego pelo fator surpresa”, se defendeu. Histórias não faltam na vida que Aerolim afirma ter largado. Lembrou que enquanto paquerava uma caixa da Santana de Brotas, para depois iniciar o saque, foi atingido com tiro no estômago por um segurança que já o conhecia.

Fonte: A Tarde de sábado. Infelizmente não dá pra colocar o link, pois é na parte restrita do site.

7 comentários:

Poliana Paiva disse...

Te adicionei aos meus favortitos, ok?
Top 5 casais baianos tá de fuder!
:)

Celine disse...

Essa história é otima por ser real..

Bruno Porciuncula disse...

hueauheahu Pior que eu tomava Aerolim quando era guri e tinha asma.

Ricardo Leony disse...

ja tomei muito aerolim..tenho asma tb..

essa é uma entre as milhões de histórias que as vielas e becos de SSA escondem..

Sunflower disse...

pois se eu não ver, não acredito

http://www.youtube.com/watch?v=nBGQS4Qq0vc&feature=related

Paulo Bono disse...

dava um curta-metragem.

abraço, carreiro

Larissa Santiago disse...

suspeito que o tenha conhecido...
Nazaré... joana Angélicaa!!