quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

A entrevista

Como havia prometido, coloco abaixo entrevista comigo, a partir de perguntas enviadas por vocês, caros e estimados leitores. Só para enfatizar novamente: o objetivo é que vocês me conheçam mais, já que praticamente não faço posts relacionados a mim. Além de que eu acho importante para que vocês me sigam em 2009 no meu novo projeto.

- Qual foi a pior coisa que você já fez na vida? (do nariz da garota não conta)
Sinceramente, eu nem me arrependo de ter quebrado o nariz da garota, então nem entraria aqui. Pensando assim eu não consigo me recordar de nada. Juro. Não me arrependo de nada, ou praticamente nada na minha vida. Então esse “pior” é difícil de responder. Talvez tenha sido uma vez em que eu dirigi muito bêbado, mesmo depois de alguns amigos tentarem me fazer desistir da idéia. Fui lá e fiz. Por sorte, bati o carro apenas na garagem do prédio e o prejuízo foi só meu. Uma bela lição.

- O que te deixa envergonhado?
Não direi que sou um cara sem vergonha (nos dois sentidos), porque realmente sou muito tímido. Falar do meu blog me deixa com vergonha, não porque não veja nele uma coisa boa, mas porque o blog ainda é estigmatizado como um diário besta e pobre. Além disso, muitas outras coisas que não vou revelar ahahah.

- Se você e o seu gêmeo malvado estivessem brigando em cima do telhado (sempre há um gêmeo pior, não importa o quão rui você seja) como é que eu iria saber quem é você para eu atirar nele?
Atire naquele menos nervoso.

- O que o Rodrigo de hoje diria pro Rodrigo de dez anos atrás?
“Está ouvindo rock n roll, meu caro? Continue nesse caminho, mas elimine algumas bandinhas que não vão te trazer nada de bom. Veja mais filmes. Coma menos. E seja assim mesmo, porque de falsidade o mundo está cheio”.

- Qual seu top 5 filmes?
Na lata, sem pensar, porque se eu parar pra fazer não vai rolar:
1 - Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças
2 – Laranja Mecânica
3 – Clube da Luta
4 – Closer
5 – Narradores de Javé
O top 10 filmes de 2008 sai ainda esse mês.

- Você gosta de responder memes?
De jeito nenhum. Aquele foi o primeiro que respondi.

- Cite algum(ns) jornalista(s) que você admira ou no qual se inspira.
Como sou fanático por futebol e ESPN Brasil, eu cito a maioria dos jornalistas de lá, com especial destaque para Paulo Vinícius Coelho, um gênio. É lá também que vocês podem ver o melhor programa jornalístico da TV brasileira, o “Histórias do Esporte”, comandado por Ronaldo Kotscho e Roberto Salim. Outro que destacaria é o velho conhecido, mas não menos fascinante, Lester Bangs.

- Quem gostaria de entrevistar e qual pergunta não poderia faltar?
Tem tantos nomes... Se é pra escolher alguém ainda vivo, um dos top 5, com certeza, seria Morrissey.A pergunta que eu faria? Bem... “Moz, qual seu trauma de infância?”

- Qual seria a viagem dos seus sonhos?
É simples, mas ainda não realizei. Um belo tour pela Europa.

- Qual a primeira coisa que vai fazer em 2009?
Dar um beijo em minha namorada, cumprimentar meus amigos e tomar meia garrafa de champanhe. O resto é resto.

- Você gosta da sua pós?
Com certeza. Ainda estou no começo, mas estou adorando. A área de convergência midiática, novas mídias e jornalismo on line me interessa muito, desde a época da faculdade.

- Indique 3 livros que você ama.
O Retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde
Cem Anos de Solidão – Gabriel Garcia Márquez
Estrela Solitária – Ruy Castro

- O que representa a música na sua vida? Explique a relação de amor que tem com ela.
Música é um fator importante para mim. Não conseguiria ser surdo, por exemplo. Eu ouço música o dia todo, em todas as minhas atividades. Tenho uma avidez em descobrir novos sons incrível. Lembro que quando entrei na faculdade eu conversava com meus colegas (Sandro incluso) e eles falavam de diversas bandas que eu nunca tinha ouvido falar. Tinha 17 anos e imaginava que dali a 7 ou 8 anos eu seria outra pessoa, justamente por correr atrás da música e ter essa fome insaciável. Continuo assim.

- Viveria de quê, além do jornalismo?
Muita coisa. Não sou daqueles que dizem que “nasci pra isso”. Eu seria publicitário ou advogado, talvez psicólogo, professor...

- Qual outro sonho precisa realizar?
Aquela simples viagem para a Europa

- Cite três pessoas, famosas ou não, que foram fundamentais para a sua formação.
Minha mãe (óbvio), Oscar Wilde e Jorge Amado.

- O que é Deus pra você?
Existem dois. Um metafísico e outro sentimental. Na balança, Deus é o amor.

10 comentários:

RAMON(ES) disse...

Boas respostas.

Sunflower disse...

Hmmm... você anda por aí dizendo que ama o retrado de Dorian Gray? Se diz tá explicado o porquê das investidas masculinas. Li o livro quando tinhs 12 anos, não sabia da biografia do Wilde na época, nem conhecia o que era gay, mas o Dorian me deu uma vibe totalmente Vera-Verão.

Depois soube que o pobre do Wilde foi morto por causa do homossexualismo, gente, isso não se faz.

A minha relação de amor e ódio literário com certeza e com guimarães rosa. Cem anos de solidão é irretocável.

Tô lendo (pela quarta vez) o Casamento do Céu e do Inferno do William Blake, já leu? O livro é uma delícia. É impressionante como eu tendo a amar autores, escritores, roteiristas que tem uma relação de amor e ódio com o divino.

Tô lendo o Gato Preto e outras crônicas do Edgar Allan Poe - que é um livro de crônicas de terror do Guimarães Rosa das gringas. Outra coisa que curto em literatura, é o caráter oral. Sabe? Tipo as palavras que tem que serem lidas em voz alta para você compreender? AMO.

Você é tímido e bonzinnho, que desapontante.

Quero ser o Lester Bangs. Mentira quero ser o Cameron Crowe.

Nunca vi os Narradores de Javé, acredita?

beijas

sandro caldas disse...

Grande Rodrigo! Execelentes tempos de faculdade aqueles. Muitas vezes são essas conversas que valem o cruso que fazemos. Porque tem cada aula...!!!
Adorei suas repostas. Já esperava por isso. Você é um cara que admiro, sem dúvida!
Abraços!!!!

Marcio Melo disse...

Boa entrevista

Jana disse...

Gostei também.

Celine disse...

Agora pausa para um café.
=D

Garota no hall disse...

Bela entrevista! Mandamos bem nas perguntas, né?

Paulo Bono disse...

do caralho, Carreiro.
abraço

Alcione Torres disse...

Tem um selo para você no meu blog. Espero que goste!
Abs.
http://sarapateldecoruja.blogspot.com/2008/12/esse-blog-arretado-de-bom.html

Careca disse...

Rodrigo, você é um excelente repórter de si mesmo. Um abraço,